Últimas Gatas

Revista Sexy Setembro 2018: Thalita Fontenelly


Thalita Fontenelly, 22 anos, de Salvador, BA

De onde veio o título “A Garota Chantilly”?
Eu mesma criei. Quando comecei a dançar eu tive a ideia de criar uma personagem que combinasse comigo e que de alguma forma despertasse curiosidade nas pessoas, (risos)! Aí eu criei “A garota Chantilly”.

Esse nome eu já uso há quatro anos.
Minha personagem fala muito sobre mim, é uma pessoa doce, amável, sutil e delicada.

Além da dança, o que mais você está fazendo neste momento?
Sou universitária. Curso marketing digital e tenho uma empresa de publicidade.

Como começou a trabalhar com strip?
Comecei a fazer shows com dezoito anos como stripper. Tenho 22 anos e sou mãe de uma menina. Sou apaixonada por minha filha! Queria aproveitar, e humildemente, agradecer a minha mãe, ela fez parte da realização desse sonho e sempre me apoiou.

Gosta então de ser observada?
Gosto muito de ser observada, isso me excita, (risos).

Já saiu com alguém da platéia?
Sim.

Já passou por alguma situação constrangedora durante seu show?
Não, (risos)!

Dançar te deixa com tesão?
Muito. Costumo dizer que meus shows são de provocações, do início ao fim.

Você deve deixar muito homem maluco. Como lida com o assédio?
Normalmente os assédios acontecem em redes sociais.

Como você descreveria o melhor sexo.
Aquele que eu começo gozando no oral e termino na penetração.

E o que te ajuda a gozar?
Um oral bem feito.

Ensaio - 47 Fotos